Dor de ouvido no verão - como evitar - Clínica Mon Petit
pediatria, bebês, clínica pediátrica porto alegre, pediatria, neonatal, parto, acompanhamento de parto
16623
post-template-default,single,single-post,postid-16623,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-14.1,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.2,vc_responsive

Dor de ouvido no verão – como evitar

Curtir o verão é uma delícia, mas os pais devem estar atentos a algumas doenças típicas da estação e fazer o possível para evitá-las.
Neste post trataremos da otite externa, que é a dor de ouvido mais comum, causada na maior parte das vezes pela presença de água na cavidade do canal do ouvido, e mais frequente no verão, quando as crianças passam mais tempo no mar ou na piscina, deixando o ambiente úmido e propício para o crescimento de bactérias e fungos.
🚨🚨🚨 Sintomas: dor, vermelhidão e muita coceira na região.
O que fazer para evitar:
✅ procure evitar a remoção de cera do ouvido das crianças;
✅ seque a água que fica no canal do ouvido, inclinando a criança de um lado para o outro para que o duto fique livre de água;
✅ enxugue a orelha com cuidado, usando uma toalha macia enrolada na ponta do dedo;
✅ utilize protetores de ouvido macios, os quais diminuem a entrada de água, e preferencialmente não reutilize.  Como tratar:
Toda dor de ouvido deve ser avaliada pelo pediatra, no entanto, a dor pode ser amenizada através de compressas mornas colocadas externamente no ouvido. De modo geral, a otite externa é considerada simples, mas os pais devem redobrar a atenção quando houver mais de quatro episódios da inflamação em um ano.
Marque sua consulta pelo ☎️ (51) 3377.7881 e esclareça essa e outras questões. Bom verão!